quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

PLASTICS - Welcome Back - Japão/USA - 1981

front

Imagine uma resposta japonesa para o Talking Heads, Devo e o B52's...
Essa é a banda japonesa pop mais divertida de todos os tempos, e se
existe alguma hoje com essas características, com certeza foi influênciada
ou reverencia o Plastics. Polysics é um bom exemplo.

back

A banda foi formada em 76 com seu primeiro lançamento em 79 com
o disco de nome "WELCOME". Posteriormente em 80 lançaram "Origato Plastico",
e este disco lançado em 81 não é uma compilação dos dois anteriores,
e sim uma regravação dos antigos sucessos com novos arranjos e performances,
com o objetivo de se lançarem no mercado americano.
Os primeiros soam mais toscos e primitivos, mas é aquei que a banda chega
com toda sua força retardada, brincalhona e débil mental!
Os anos 80 nunca foram tão bem entendidos e interpretados como o que
esta banda realizou.
Pode o Japão não ter inventado esse estilo de música, mas é lá que, sem a
menor dúvida, ele faz mais sentido.
Uma das coisas mais geniais na banda (aliás, tudo é genial), é a utilização
da bateria eletrônica Casio, muito bem programada.

01

02

03

04

Daquí saiu em projetos solos Hajime Tachibana, que era uma grande figura
à frente de seu tempo. Já estava conectado ao lounge music, Yma Sumac,
Perry Kingsley, Exótica, Hugo Montenegro e etc...
Foi o primeiro a reunir estes elementos com cara de vanguarda e experimentalismos.
Futuramente teremos algo dele por aquí.

Agents_From_France_Invitations___The_Plastics___Leica_M2_series0258_2[1]

Tracklist:

01 - Delicious
02 - Diamond Head
03 - Peace
04 - Ignore
05 - Cards
06 - Top Secret Man
07 - Copy
08 - Good
09 - Park
10 - Robot

Chica Sato (vocals),
Toshio Nakanishi (guitar, vocals, percussions),
Hajime Tachibana (guitar, vocals),
Masahide Sakuma (keyboards, guitar, bass),
Takemi Shima (rythm box)





péga aquí

yupo-stamp
Post com a colaboração do Mestre Yupo

6 comentários:

Rafael Morettini disse...

Olá, Paulo. Tudo certo? Eu me chamo Rafael Morettini, postei o seu documentário da Nuvem Nove no meu blog na MTV há uns tempos atrás, lembra?
Cara, eu queria conversar com você sobre passar o doc no nosso programa de tv, o "Portal MTV". Você pode me contatar pelo e-mail? rafael.morettini@mtvbrasil.com.br
Aguardo resposta.
Abraços!

sayhooo! disse...

hey pb! vai postar Moog Power!!!!! Hajime Tachibana produced by Towa Tei... e tambem I love You Ono - Stereo Total.. e um cover dos Plastics / Forever Plastic 1980!

pb disse...

Estou o cd inteiro que tem "Moog Power" dele aquí.
vou postar então.

roberto disse...

desculpe, mas não pude deixar de sentir irônia quando afirma que, ao houvir hugo montenegro, exotica etc. tachibana tinha um ouvindo "a frente de seu tempo". Não seria algo como "bem atrás de seu tempo"?

pb disse...

Hahahaha, não Roberto.
Nesse caso, claro que Hugo Montenegro ou Exotica vieram muito antes, anos 50...60...
Mas é que houve nos anos 90 uma forte onda de interesse nesse assunto e milhares de artistas mergulharam no que foi uma profunda onda de releituras.
Parte desse fenômeno se deve a duas coisas, ao estilo homenagista do Tarantino que provocou milhares de lançamentos de coletâneas e relançamentos desse tipo de artista, e o lançamento da série ULTRA LOUNGE da Captol, que apresentou nomes as novas gerações como: Yma Sumac, Martin Denny, Lex Baxter e etc...
A questão é, Tashibana já estava fazendo referência à essas coisas antes mesmo dessa onda começar na Europa.
Pra mim, trazer de volta esse universo foi das melhores coisas que aconteceram pra música popular.

99 disse...

"que era uma grande figura
à frente de seu tempo. Já estava conectado ao lounge music, Yma Sumac,
Perry Kingsley, Exótica, Hugo Montenegro e etc..."
Já tinha reparado nessa frase, que pra mim já é clássica.
A construção é correta, dá pra entender o que o cara quis dizer.
O legal é que usando um lugar comum ("a frente do seu tempo")diz que ele ouvia coisas antigas.
O pb já explicou o sentido.
Mas que é um paradoxo, é ! E muito divertido, que mostra bem como estão as coisas na cultura pop.

 
Music Top Blogs