domingo, 7 de março de 2010

Música Eletroacústica (TIME) - Jóvenes Compositores Cubanos - 1987 - CUBA

IMG_1555

Time nesse caso não é tempo em inglês ou Time de Futebol.
Taller ICAP de Música Eletroacústica.
Taller é uma palavra em espanhol para WORKSHOP.
ICAP é um outra sigla, o que torna as coisas bem curiosas,
uma sigla dentro de outra sigla, confeço que nunca tinha visto isso,
mas que seu significado já foi referido no post anterior:
Instituto Cubano de Amistad con los Pueblos.
O que prova que os Cubanos possuem uma lógica muito peculiar
para siglas.
Independentes de qualquer sigla, as atividades do ICAP com o seu TIME,
sob a orientação do diretor de estúdio Juan Blanco, está em atividade
desde 1983, onde jovens estudam, trabalham, criam grupos e
desenvolvem trabalhos de interesse na área de Música Eletroacústica.
Este é mais um disco dedicado à este assunto e resolvi postá-lo
como complemento do assunto, dada a sua raridade.

EL OTRO HUEVO DE LA SERPIENTE
Fernando Rodriguez (ICAP - 1984)

O título, claro, faz uma referência ao filme de Ingmar Bergman:
"O Ovo da Serpente" que é sobre o massacre dos Judeus pelos
Nazistas na Segunda Grande Guerra.
O compositor faz uma referência à contemporâneos fatos similares
conhecidos como "O Massacre de Sabra e Chatila"
(em árabe: مذبحة صبرا وشاتيلا‎, transl. Maḏbaḥat Ṣabrā wa Shātīlā)
foi o morticínio de refugiados civis palestinos e libaneses
perpetrado por milicianos das Forças Libanesas após o assassinato
do presidente-eleito do país e líder falangista, Bachir Gemayel.
O evento ocorreu nos campos palestinos de Sabra (صبرا, Sabrā)
e Shatila (وشاتيلا, Shātīlā), situados na periferia de Beirute, a sul da cidade,
área que se encontrava então sob proteção das forças armadas de Israel.
O massacre ocorreu em uma área diretamente controlada pelo exército
israelense, durante a Invasão do Líbano de 1982, entre 16 e 18 de
setembro daquele ano.
A Corte Suprema de Israel considerou o Ministro da Defesa do país,
Ariel Sharon, pessoalmente responsável pelo massacre, por ter falhado
na proteção aos refugiados.
O número de vítimas não é bem conhecido e, conforme a fonte,
a estimativa pode variar de algumas centenas a 3.500 pessoas.
Sharon, quando candidato a primeiro-ministro de Israel, lamentou
as mortes e negou qualquer responsabilidade.
A repercussão do massacre, entretanto, fez com que fosse demitido
do cargo de Ministro da Defesa, na época.

Falando sobre a música, Fernando Rodriguez utiliza alguns trechos
da obra de Arnold Schoenberg intitulada:
"Um Sobrevivente de Varsóvia, Op. 46 (em alemão:
Ein Überlebender aus Warschau)" e o reprocessa utilizando um vocoder
cujo resultado é misturado à camadas de sons sintéticos.
A obra original de Schoenberg tem duração muito breve:
entre 6 e 7 minutos.
É considerada por muitos críticos uma das mais importantes obras
musicais dedicadas ao holocausto.
O compositor Cubano cria um ambiente sonoro no qual pretende
demonstrar seu repúdio a todo tipo de genocídio e parece sugerir
uma mensagem de paz e harmonia ao terminar sua peça com um
sonoro acorde de LA Maior.

NIDIA
José Manoel Garcia Suárez (ICAP - 1984)

Trabalho realizado sobre material acústico e eletrônico modificado
e editado baseado nos velhos recursos que deram origem a linguagem.
Nidia é uma misteriosa garota que se materializa fugazmente nas
brumas sonoras.
A peça tem mesmo um certo tom fantasmagórico e ainda termina
com um sutil som de grito feminino.

EL PELDAÑO OMITIDO
Miguel Bonaches (ICAP - 1984)

Obra inspirada no poema CRIME em BARBADOS de Angel Escobar sobre
a sabotagem que gerou a queda de um avião cubano provocando a
morte de um grande número de pessoas, que em sua maioria eram
cubanos.
O título da música corresponde à um dos versos do poema e o material
sonoro produzido foi feito à partir de material acústico utilizando
um violão somado à material sintetizado eletronicamente e modificado
em estúdio.

EL PRIMER ABRAZO
Mirtha de la Torre (ICAP - 1984)

Aqui temos uma mulher compositora Cubana que inspira sua obra
num poema com mesmo título de sua própria autoria.
Mais uma vez, outra obra criada à partir de material acústico e eletrônico
e modificado e editado em estúdio.

São mais 4 obras de TAPE MUSIC de origem dos nossos Hermanos de
CUBA. Espero que apreciem e saibam valorizar a raridade que aqui se
disponibiliza.
Mais uma vez agradeçam ao amigo e colaborador Agnaldo Mori que cedeu
este material de seu próprio acervo.

Download

3 comentários:

carlos disse...

No ano 1992 participei numa serie de palestras na Miami-Dade Community college em Miami na qual tambem tomou parte o Cubano, Julio Roloff, grande musicologo e compositor eletro-acustico. Tambem nesta serie participou a legendaria musicologa Cubana Zoila Lapique, especialista na musica Cubana pre-1900. Foi uma experiencia inesquecivel para mim e tudos que aprendemos muito de esse genero da musica Cubana, desconhecido por muitos. PB, tambem fica de olho (o espera que um tal BIG PAPA esteja indo para o exterior no Maio) e consiga qualquer LP editado em Cuba por o Grupo De Experimentacion Sonora de ICAIC ( Instituto Cubano de Arte e Industria Cinematográficos ). Esta serie de LPs tem musica neles do genero, eletroacustico, prog, trova, classica moderna e mais! (um pequeno sample: http://www.youtube.com/watch?v=_xg-1Bv5HC) Vale a pena! abraços! BP

Groucho KCarão disse...

Em breve tb vou baixar esse.
Imagino que o PB deva conhecer o Grupo Novo Horizonte, não?
Tenho um CD deles apenas com música eletroacústica de jovens compositores brasileiros.
Eduardo Guimarães Álvares é muito bom!
Parabéns por mais essa postagem!

CarneZafiro disse...

Muchas gracias!! Una Gema Musical!!
Tienes Música Electroacústica de Juan Blanco??
GRACIAS DE VERDAD!!
Saludos

 
Music Top Blogs